Medical concept, psychological help, worried thoughtful woman suffering from emotional problems and depression at psychologist's office

O que esperar da sua 1ª consulta com um psiquiatra

Procurar a ajuda de um médico para auxiliar no diagnóstico e no tratamento de questões referentes à saúde mental e emocional é uma atitude que ainda gera insegurança em muitas pessoas. Ao tomar essa decisão, é comum que o paciente tenha dúvidas sobre o que esperar da 1.ª consulta com o psiquiatra. Isso porque, mesmo com muitos avanços na sociedade, ainda há muitos preconceitos formados em torno do trabalho desse profissional e das indicações que ele faz. 

Em 1º lugar, é bom lembrar que a psiquiatria é uma especialidade da medicina como outra qualquer. Sendo assim, para se formar, é necessário passar por 6 anos de faculdade, além de aproximadamente 4 anos de especialização. A partir daí, o médico está preparado para atuar de forma a amenizar ou solucionar uma grande quantidade de problemas mentais que afetam o bem-estar do paciente, desde angústia ou ansiedade até depressão, esquizofrenia e transtorno bipolar.  

No dia da consulta com o psiquiatra

Se você marcou a sua 1ª ida a esse profissional, fique tranquilo: nesse 1.º momento, o médico fará um levantamento dos seus sintomas e do histórico da sua saúde, da mesma forma que ocorre em outras especialidades. Ele vai questioná-lo sobre os motivos que o levaram ao consultório, quais são os principais incômodos que você sente, se existem outras doenças anteriores, e, assim, vai procurar identificar o transtorno que está afetando você. 

Durante a consulta, o profissional também vai realizar alguns exames físicos de rotina, como ouvir os seus batimentos cardíacos e medir a sua pressão, por exemplo. Dependendo das queixas que você apresentar, ele poderá solicitar, ainda, exames complementares, para que seja possível fechar um diagnóstico preciso. Com essas informações em mãos, o médico conseguirá apontar o melhor tratamento para o seu caso e também estabelecer uma rotina de acompanhamento para os próximos encontros.

Dicas para a 1.ª visita 

Agora que você sabe melhor como será a sua 1.ª visita ao profissional psiquiátrico, algumas dicas podem ser úteis. Por exemplo: faça uma lista com as suas principais perguntas e aproveite para enumerar os problemas que o motivaram a buscar o auxílio desse médico. Caso já tenha feito outros tratamentos, leve os exames anteriores. Assim, você fornece mais detalhes de sua situação ao profissional, que vai conhecê-lo melhor. 

Se ainda assim a proximidade da data da consulta o assusta, considere estar acompanhado por alguém de sua confiança. Pode ser um parente ou um amigo mais próximo, que, de preferência, esteja acompanhando a sua situação e possa ajudá-lo a descrever o que está acontecendo. Assim, você se sentirá mais seguro e confiante. 

Lembre-se de que o psiquiatra é um grande aliado na sua busca por mais bem-estar e qualidade de vida. Não deixe que o receio do que as outras pessoas podem pensar o impeça de encontrar ajuda e não tenha medo de compartilhar com o profissional qualquer coisa que esteja o incomodando. Seja sincero e responda todas as perguntas da forma mais franca possível. Assim, você estará no caminho certo para se cuidar melhor e receber um tratamento adequado e eficaz.  

Quer saber mais? Clique no banner!

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp